sábado, 1 de novembro de 2008

The Butterfly Effect

Era realmente tudo mais fácil. Tanto fazia o que diriam, que consequências teriam, se gostariam ou não. Assim acabavam dizendo coisas positivas, as consequências eram ótimas e gostavam de tudo. Líder, acabava por ditar modas e comportamentos.

Com o tempo, maior responsabilidade levaram a pensar na opinião dos outros, nas consequências. A liderança e a inconsequência se foram. Chefe, no máximo.

Agora, há um futuro pela frente, responsabilidades, escolhas. Não há mais tempos para pensar nos: "E se..?". São tantos, mas seriam tantos da mesma forma. Se optasse por um, abdicaria de outros e continuaria pensando: "mas e se...?".

O chamado efeito borboleta: o simples bater de asas de uma borboleta poderia influenciar o curso natural das coisas. Que dirá nossas escolhas?

3 comentários:

Alonso Zerbinato, 20 disse...

Belas, palavras.
Voltarei sempre!



Até blogs!

Alonso Zerbinato, 20 disse...

Também te adicionei lá no meu cantinho.



Você tem orkut?


Beijão.
*;

Alonso Zerbinato, 20 disse...

E esse tal de Messenger? Já te apresentaram?


Se quiser me adiciona aí: alonso.zerbinato@hotmail.com


Se não, a gente vai se falando por aqui.
*;