quarta-feira, 25 de março de 2009

A última gota


Segundo nossa amiga de todas as horas Wikipedia, eis a definição de classe média: "A classe média é uma classe social presente no capitalismo moderno que se convencionou tratar como possuidora de um poder aquisitivo e de um padrão de vida e de consumo razoáveis, de forma a não apenas suprir suas necessidades de sobrevivência como também a permitir-se formas variadas de lazer e cultura, embora sem chegar aos padrões de consumo eventualmente considerados exagerados das classes superiores. "

Convenhamos que a classe média no Brasil não é nada mais nada menos que pobres que não usam recursos do governo (porque os recursos do governo são para os pobres).

Já que a classe média tem um poder aquisitivo relativamente maior, dá-se o luxo (?) de querer algo melhor para sua família do que um hospital com filas quilométricas, meses para uma consulta com o ginecologista, uma cesariana para o seu filho, e se der azar e precisar de um transplante...quando seu órgão chegar não saberemos se você ainda precisará dele ou se ainda estará vivo e por aí vai. Então, faz-se um plano de saúde para a família e menos dim dim no fim do mês.

Seu filho cresce e você decide colocá-lo em uma escola. Escolas do governo só a partir dos 6 anos de idade e como você precisa trabalhar e não tem com quem deixar seu filho, deixa mais verdinhas na escolinha. Seu filho enfim faz 6 anos, você vai visitar o que chamam de escola pública e se dá conta que seu filho acostumado naquela escolinha limpinha cheia de bixinhos, não vai querer uma escola destruída com professores em greve. Logo, escola particular para os filhos até se formarem.

Bom, chega na faculdade você pensa: "Agora meu filho vai entrar na USP". É claro, você pagou colégio particular a vida toda para ele. Daí vem a fuvestinha seu filho não entra, porque a vaga dele está com a galera do Colégio Bandeirantes e com os negros.

Então você pensa de novo: "Filho, tenta PROUNI". Não, seu filho não pode participar do PROUNI porque ele estudou em escola particular. Solução? Paga faculdade ué!

Sem contar o tranporte, onde para pegar um ônibus e ir que nem sardinha enlatada gasta-se incríveis R$ 2,30.

Saldo no fim da vida:

Sáude + Escola + Faculdade + Transporte + Impostos = Classe Média.

E a Wikipedia vem me dizer de consumo razoável? De lazer e cultura? Em termos de Brasil isso não existe. Em termos de Brasil ser classe média é ser a última gota, estar prestes a transbordar e se tornar um mais novo pobre.

Ah, olhe pelo lado bom agora você já pode assinar um atestado de pobreza e não pagar seu R.G.!!! Fantástico, não?

1 comentários:

M. disse...

UHHSUAHUSAUHUHASUHUHASUHASUHSAUHUHASUHAS
AMIGAAA
AMEIII SEU TEXTO
Eu já me deparei com essa situação de: Ecola pública? Ah não... Dai você paga uma particular, depois não passa na "fuvestinha"... Prouni não pode porque você estudou em particular... E temos que quebrar a cuca pra arrumar um argumento pra convencer a tesouraria da faculdade que você ta numa situação apertada e bla bla bla.
Acham que particular é sinônimo de vida estável --'
"galera do Colégio Bandeirantes e com os negros" HUSAUHASSAHUHSAUHASUHASUHUHSA ri muito amiga
te amo publicitária jornalista!!